Yuri Alberto marca no fim, Corinthians bate Atlético-GO e volta ao G-4 do Brasileirão

O Corinthians voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Fez 2 a 1 no Atlético-GO, nesta quarta-feira, na Neo Química Arena, e chegou aos 47 pontos, voltando ao quarto lugar. O gol da vitória, de Yuri Alberto, saiu aos 42 minutos da etapa final.


Mesmo na casa do Corinthians, o Atlético não se inibiu no início. Procurou fazer um jogo ofensivo quando tinha espaço e podia tentar as jogadas em velocidade. Marcava forte desde a saída de bola e, sem ela, se recompunha com rapidez. Em dez minutos, teve uma chance em chute de Luiz Fernando e outra com Airton, em que Cássio fez grande defesa.


O problema foi que o time goiano acabou dando um contra-ataque ao Corinthians. E isso lhe foi fatal. Mosquito lançou Yuri Alberto, que avançou e bateu. O goleiro Renan espalmou, mas o rebote caiu no pé de Róger Guedes. 1 a 0, aos 11 minutos.



O Atlético não se abateu e reagiu rapidamente. Empatou cinco minutos depois, quando Luiz Fernando lançou Wellington Rato na corrida. Ele tocou na saída de Cássio e marcou.


A partida continuou movimentada, com os visitantes um pouco superiores em campo, graças à sua disposição de atacar. O Corinthians tinha dificuldade para articular as jogadas, mas, quando era mais objetivo na frente, conseguia concluir as jogadas.


Churín teve duas boas chances para os goianos, Róger Guedes respondeu para o Alvinegro, que quase passa à frente com um chute de Fausto Vera de fora da área.


Mas o grande lance do primeiro tempo não terminou em gol. Após tabelar com Yuri Alberto, Róger Guedes chegou a driblar Renan, mas perdeu o ângulo e chutou para fora. O Atlético voltou para a etapa final da mesma maneira agressiva e até pressionou o Corinthians nos minutos iniciais. Aos 3 minutos, Dudu obrigou Cássio a fazer boa defesa. Yuri Alberto respondeu aos 7, com chute de fora da área, mas Renan colocou para escanteio.


Vítor Pereira começou a mexer no time com 10 minutos, deixando-o mais ofensivo. Com isso, o Corinthians passou a se sentir mais à vontade em campo e a importunar mais os goianos. Róger Guedes perdeu duas grandes chances - Renan defendeu ambas. O Atlético chegou com Léo Pereira, que errou o alvo.Mas a melhora do Corinthians se transformou em vitória quando Renan, aos 42 minutos, rebateu outra conclusão de Róger Guedes. Yuri Alberto pegou a sobra e fez o gol da vitória, castigando o Atlético-GO, que jogou bem, mas continua bastante ameaçado pelo rebaixamento. É o penúltimo, com 22 pontos.


FICHA TÉCNICA


CORINTHIANS 2 X 1 ATLÉTICO GOIANIENSE


GOLS: Róger Guedes, aos 11, Wellington Rato, aos 16min do primeiro tempo. Yuri Alberto, aos 42 min do segundo.


CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos (Lucas Piton); Du Queiroz, Fausto Vera (Giuliano) e Renato Augusto (Matheus Vital); Gustavo Mosquito (Adson), Yuri Alberto e Róger Guedes. Técnico: Vítor Pereira.


ATLÉTICO-GO: Renan; Dudu, Wanderson, Lucas Gazal e Arthur Henrique (Jefferson); William Maranhão; Baralhas (Marlon Freitas) e Wellington Rato; Airton (Léo Pereira), Churín e Luiz Fernando (Edson Fernando). Técnico: Eduardo Baptista.


JUIZ: Leandro Pedro Vuaden.

AMARELOS: Luiz Fernando, Airton, Churín.

PÚBLICO: 32.398 (total).

RENDA: R$ 1.624.476,50.

LOCAL: Neo Química Arena.


Por: Estadão.





0 visualização0 comentário