top of page

Ucranianos prometem fazer enorme orgia se Putin usar armas nucleares: ‘Último ato’

Mais de 15 mil pessoas já se inscreveram no grupo do Telegram ‘Orgy on Shchekavytsya’ e todos os apartamentos para alugar com vista para a colina já estão fora do site da imobiliária


Participantes dizem que proposta por orgia mostra espírito otimista dos ucranianos


A ameaça do presidente da Rússia, Vladimir Putin, sobre o uso de armas nucleares na guerra contra a Ucrânia tem preocupado o mundo, apesar de alguns líderes, como o chefe de Estado ucraniano, Volodymyr Zelensky, que diz não acreditar que o russo vá realmente utilizar esses armamentos.


Essa situação tem divido as opiniões. Entre aqueles que estão se preparando para um possível ataque, outros estão levando na brincadeira e prometeram, como último ato, fazer uma enorme orgia, caso a ameça seja concretizada.


A proposta é tão séria que mais de 15 mil pessoas já se inscreveram no grupo do Telegram ‘Orgy on Shchekavytsya’ e “todos os apartamentos para alugar com vista para a colina de Shchekavysta desapareceram dos sites das imobiliárias”, informaram os organizadores.


Em entrevista à Rádio Free Europe, uma participante declarou que o plano resume o espírito otimista dos ucranianos, principalmente agora que as tropas estão avançando e conseguindo vantagem em relação aos russos. “Esse é o mega otimismo dos ucranianos.


Mesmo no pior cenário, as pessoas parecerão boas”, disse mulher. Outro participante disse que essa é uma “tentativa de mostrar que quanto mais os russos tentam nos assuntar, mais vão transformar o medo em outra coisa”.


Para ele, o humor ajuda e é uma resposta à ameaça russa. Apesar de o grupo ter se popularizado agora, desde o começo da guerra ele tem cobrindo a guerra com um tom bem humorado.


Mas, enquanto uns brincam com a situação, as autoridades de Kiev estão protegendo seus cidadãos. Pílulas de iodo de potássio, que podem ajudar a bloquear a absorção de radiação, nocivas para glândulas de tireoide, estão sendo distribuídas para população por temores de ataque nuclear.


Por: Jovem Pan.

0 visualização0 comentário
bottom of page