SP pode registrar em 24 horas chuva prevista para o mês todo, alertam meteorologistas

O avanço de uma frente fria vinda do Sul do país deve causar fortes chuvas em parte da região Sudeste do país, principalmente no Estado de São Paulo, a partir da tarde desta quinta-feira (6/10).



Meteorologistas ouvidos pela reportagem da BBC News Brasil disseram que algumas cidades paulistas podem registrar em 24 horas a mesma quantidade de chuvas prevista para o mês inteiro.

De acordo com a Climatempo, a previsão é de que chova cerca de 100 mm na Grande São Paulo, entre a tarde de quinta e a sexta. A média histórica para o mês inteiro na capital paulista é de 127,2 mm.


A previsão é que o volume de chuva seja ainda maior e ultrapasse 100 mm nas áreas do Estado de São Paulo próximas às divisas com Minas Gerais e Paraná.


A previsão é que as maiores precipitações ocorram nas regiões das cidades de Marília, Presidente Prudente, Litoral Norte, Bauru, Araraquara, Ribeirão Preto, Barretos, Franca, Campinas e do Vale do Paraíba.


De acordo com a Climatempo, esse grande volume de chuvas deve ser causado pelo encontro da massa de ar frio com regiões com altas temperaturas.


O meteorologista e consultor climático Francisco de Assis disse que, antes das chuvas, a cidade de São Paulo deve registrar temperaturas de até 31°C nas horas mais quentes desta quinta. E explica como será a atuação da massa de ar frio ao chegar no Estado.


"A chegada dessa massa vai formar uma linha de atuação bem forte entre o Norte, Centro e Oeste do Estado de São Paulo. Vai ocorrer queda de granizo e chuva forte. Serão chuvas fortes e mais rápidas. Mas isso não significa que vai haver desmoronamento de barreiras", diz Assis.


Rastro de destruição


"Ela causou muita chuva no Paraná e grande parte de Santa Catarina, com precipitações de até 80 mm nas últimas 24 horas. Também provocou ventos fortes, de até 75km/h no Paraná e na faixa leste do Rio Grande do Sul. O mesmo deve acontecer em São Paulo", afirmou Francisco de Assis.


Com a chegada dos temporais, a temperatura despenca e os termômetros podem marcar até 17°C na capital paulista durante a madrugada de sexta. As tempestades podem registrar também queda de granizo e rajadas de vento de até 80 km/h na Grande São Paulo, segundo os institutos de meteorologia Climatempo e Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).


No entanto, a previsão é que, na sexta-feira, a frente fria se afaste rapidamente do Estado de São Paulo e se dissipe no Rio de Janeiro e Minas Gerais. A previsão é que o sol ainda apareça na capital paulista e os termômetros registrem máxima de 25°C.


No Nordeste do país, o calor deve ditar as regras no próximo dia. Segundo o Climatempo, algumas pancadas de chuva são esperadas no litoral sul da Bahia, no litoral do Maranhão, na zona da mata e no agreste entre o Ceará e Alagoas.


A previsão é que a cidade de Salvador, Bahia, registre máxima de 30°C na quinta, sexta e sábado. A mínima prevista na capital baiana é de 22°C na quinta e sexta e de 23°C no sábado.


Por: BBC News.

0 visualização0 comentário