Sistema de lombadas eletrônicas de João Pessoa deve voltar a funcionar em 30 dias, diz Semob

Dos 49 pontos, 20 locais serão priorizados por risco de acidentes.


Sistema de lombadas eletrônicas está desativado em 49 pontos de João Pessoa — Foto: Foto: Reprodução TV Cabo Branco


O sistema de lombadas eletrônicas nas vias de João Pessoa deve voltar a funcionar em 30 dias. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (18) pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP). Dos 49 pontos, 20 locais serão priorizados por risco de acidentes.


Após mudança de empresa de manutenção, o sistema de lombadas foi desativado em 49 pontos em João Pessoa. As avenidas Hilton Souto Maior, Pedro II, Tancredo Neves, Cruz das Armas e Ministro José Américo de Almeida, a Beira-rio, estão com radares de velocidade desligados e as câmeras atreladas não funcionam .


De acordo com Sanderson Cesário, diretor de operações da Semob-JP, os equipamentos de fiscalização e monitoramento eram terceirizados. O contrato da empresa acabou no mês de agosto, mas uma nova licitação já foi realizada. "Uma nova empresa ganhou o processo licitatorio e já foi emitida uma nota de serviço. A empresa tem 30 dias para instalar novos equipamentos e começar a operar na cidade", explica.


Nesse primeiro momento, 20 pontos deverão voltar a funcionar em 30 dias, focando nos locais de maior risco de excesso de velocidade. A meta da Semob-JP é reestabelecer todos os equipamentos em 90 dias.


A Superintendencia ainda alerta que, independente da fiscalização eletrônica, as sinalizações continuam nos locais e é importante respeitar por risco de acidentes.


Por: g1 PB



0 visualização0 comentário