João Pessoa reforça chamamento e alerta para última semana de imunização contra Poliomielite...

A Campanha que teve início no dia 8 de agosto, segue até o dia 30 de setembro registrando a cobertura de 53,10% do público-alvo – crianças menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias).


A meta da Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo é imunizar 95% do total de 41,2 mil crianças na faixa etária de um ano até menores de cinco anos de idade. (Foto: Reprodução).


Faltando apenas quatro dias para o final da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação, a Prefeitura de João Pessoa reforça o chamamento e convoca pais e responsáveis de crianças e adolescentes para atualizarem a caderneta de vacinação de seus filhos. A Campanha que teve início no dia 8 de agosto, segue até o dia 30 de setembro registrando a cobertura de 53,10% do público-alvo – crianças menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias).

Ao todo, desde o início da Campanha, aproximadamente 22 mil crianças receberam as doses da vacina que protege contra a Pólio. A meta da Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo é imunizar 95% do total de 41,2 mil crianças na faixa etária de um ano até menores de cinco anos de idade.


“Estamos na reta final da Campanha e não podemos relaxar. Os profissionais da Secretaria de Saúde têm realizado busca ativa nos Creis e nos domicílios, com intuito de garantir um bloqueio eficiente das nossas crianças contra doenças imunoprevenívies”, destacou Fernando Virgolino, chefe das Seção de Imunização da Prefeitura de João Pessoa. “Fazemos um alerta e pedimos esse compromisso dos pais e, se houver dúvida sobre a vacinação ofertada pelo SUS, procure um serviço de referência mais próximo de sua casa e converse com um profissional de saúde ou com o pediatra de seu filho”, completou.


Para atualizar a caderneta as vacinas estão disponíveis nas Unidades de Saúde da Família (de 7h às 11h e de 12h às 16h), nas Policlínicas Municipais (de 7h às 17h) e no Centro Municipal de Imunização, localizado na Torre (de 8h às 16h), administrando 18 tipos de imunizantes previstos no Cartão Nacional de Vacinação.


A Campanha contra Paralisia Infantil e Multivacinação para crianças e adolescentes segue até o final de setembro, ofertando outras vacinas do calendário vacinação. Para crianças estarão disponíveis os seguintes imunizantes: Hepatite A e B; Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente; VIP (Vacina Inativada Poliomielite); VRH (Vacina Rotavírus Humano); Meningocócica C (conjugada); VOP (Vacina Oral Poliomielite); Febre amarela; Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba); Tetraviral (Sarampo, Rubéola, Caxumba, Varicela); DTP (tríplice bacteriana); Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).


Já para adolescentes são ofertadas também os imunizantes HPV; dT (dupla adulto); Febre amarela; Tríplice viral; Hepatite B, dTpa e Meningocócica ACWY (conjugada).


O Brasil não detecta casos de poliomielite deste 1990 e, em 1994, recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) a Certificação de área livre de circulação do Poliovírus Selvagem (PVS). No entanto, no cenário global da Poliomielite, existem dois países endêmicos, Paquistão e Afeganistão. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mostram que de janeiro a 12 de julho deste ano, foram confirmados 15 casos nestes países. Em novembro do ano passado, um caso foi relatado em Malawi e um este ano em Moçambique.


Paralelo a isso, aqui no Brasil, desde 2015, tem sido detectada uma progressiva queda das coberturas vacinais, podendo levar à reintrodução da Pólio no País. Este cenário foi intensificado no contexto da pandemia de Covid-19. De acordo com informe técnico do Ministério da Saúde, em 2015, a Paraíba tinha cobertura vacinal de 96,1% das crianças menores que 1 ano de idade. Em 2021, esta cobertura caiu para 68,4% das crianças na mesma idade. No Estado, deverão ser vacinadas 284.230 mil crianças até os 4 anos.


Cobertura vacinal – Na última semana profissionais de saúde participam de capacitação pela reconquista das altas coberturas vacinais, com o objetivo de apoiar o Programa Nacional de Imunização com ações estratégicas e foco na vacinação, para atingir as metas ideais de cobertura vacinação, promovendo a articulação com parceiros e consolidando e ampliando redes colaborativas nos territórios. Conheça o projeto e saiba mais pelo link: www.sbim.org.br/prcv


Campanha Paralisia Infantil – A ameaça está de volta. Entenda os riscos da Poliomielite e como você pode ajudar a não deixar esta ameaça retornar ao Brasil: www.paralisiainfantil.com.br


Por: Redação ClickPB

1 visualização0 comentário