top of page

Governo Lula quer acabar com saque-aniversário do FGTS, diz ministro do Trabalho. Entenda!



O saque-aniversário foi instuído em 2019 e permite que o trabalhador saque uma parte da parcela do FGTS no seu mês de aniversário todo ano.


O novo ministro do Trabalho, Luiz Marinho, afirmou em entrevista ao Jornal O Globo que o governo Lula pretende acabar com o saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O saque-aniversário foi instuído em 2019 e permite que o trabalhador saque uma parte da parcela do FGTS no seu mês de aniversário todo ano.


O saque-aniversário é uma modalidade alternativa à de saque-rescisão e já foi aderida por mais de mais de 28,6 milhões de trabalhadores. Contudo, se forem demitidos, os optantes do saque-aniversário terão direito apenas ao valor da multa rescisória, não podendo sacar o valor integral do FGTS.


Luiz Marinho defende que a modalidade de saque-aniversário tira o propósito da função do FGTS, que é fornecer aporte financeiro ao cidadadão desempregado e, por isso, deve ser descontinuada. O ministro, contudo, não informou quando pretende encerrar o saque-aniversário do FGTS.


Por: Jetss - Publicado em 05/01/2023 às 5:00 hrs.

0 visualização0 comentário
bottom of page