Globo demite José Dumont após prisão em flagrante



A Globo demitiu o ator José Dumont, que foi preso em flagrante nesta quinta (15/9) por armazenar pornografia infantil.


Em comunicado enviado à imprensa, o Departamento de Comunicação da Globo afirmou que “Dumont estava contratado como obra certa especificamente para a novela ‘Todas as Flores’, a ser exibida no Globoplay. Diante dos fatos noticiados, a Globo tomou a decisão de retirá-lo da novela”.


O texto ainda ressaltou que “a suspeição de pedofilia é grave” e “nenhum comportamento abusivo e criminoso é tolerado pela empresa, ainda que ocorra na vida pessoal dos contratados e de terceiros que com ela tenham qualquer relação.”


O comunicado não informa como a empresa vai lidar com a presença de Dumont nos episódios já gravados da novela, que começou a ser produzida em julho e tem estreia prevista para 17 de outubro na plataforma Globoplay.


De acordo com a sinopse da trama de João Emanuel Carneiro, o personagem do ator, chamado de Galo, era um dos vilões da trama. Ele explorava crianças que pedem esmola nas ruas em troca de uma vaga para dormir em um ônibus abandonado onde ele mora.


Galo também atua como receptador do esquema de Zoé (Regina Casé), aliciando miseráveis na rua para enviar para uma fazenda de reprodução humana.


O último trabalho do ator na TV tinha sido o Coronel Eudoro em “Nos Tempos do Imperador” (2021). Ele é visto em produções da Globo desde que teve o papel principal no telefilme “Morte e Vida Severina”, de 1981, e também participou da versão original de “Pantanal” na TV Manchete.


Com uma longa carreira nas telas que vem desde o filme “Lucio Flávio, o Passageiro da Agonia”, de 1977, Dumont também colecionou 21 prêmios nacionais e internacionais, incluindo três Candangos de Melhor Ator em Longa-Metragem no Festival de Brasília, dois Kikitos de Melhor Ator e um de Coadjuvante no Festival de Gramado, além de prêmios equivalentes nos festivais do Rio, Recife (Cine-PE), Miami (EUA), Havana (Cuba) e Huelva (Espanha).


Sua prisão fez parte de uma ação da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima, motivada por uma denúncia.


O artista de 72 anos é investigado por ter supostamente mantido um relacionamento com um fã de 12 anos, ao qual teria oferecido ajuda financeira. A partir desse envolvimento, ele teria iniciado uma troca de beijos e carícias íntimas com o adolescente.


Essa aproximação teria sido registrada por câmeras de segurança, que serviram de base para a abertura da investigação policial. Por conta disso, os oficiais realizaram um mandado de busca e apreensão na casa de Dumont, cumprido nesta quinta, onde foram encontrados imagens e vídeos de sexo envolvendo crianças, motivando a prisão em flagrante.


Por: Pipoca Moderna.

0 visualização0 comentário