Brasil Vox.png
Capturar_edited.png

Jogadores da seleção brasileira se apresentam em Turim, na Itália; veja fotos

Paraiba

Buscar

O último ator vivo de E o Vento Levou, Mickey Kuhn morreu aos 90 anos de idade enquanto estava internado em um asilo em Naples, na Flórida, nos Estados Unidos. A morte foi confirmada pela esposa do ator, Barbara ao Mirror.



Mickey começou a carreira na atuação bem cedo, aos dois anos de idade como o bebê adotivo em Change of Heart. O ator também apareceu em E o Vento Levou aos seis anos de idade, Dick Tracey e Red River.


Ao todo, Kuhn atuou em 32 produções entre filmes e séries até o ano de 1957, quando decidiu se afastar de Hollywood. O ator também trabalhou como supervisor de voo de companhias aéreas e se tornou gerente do Aeroporto Internacional de Boston até se aposentar em 1995.


Por: Estrelando - História por Da Redação, Publicada em : 22/11/2022 12:00


O cirurgião vascular Dr. Caio Focássio fala que a síndrome edemigênica é caracterizada pelo edema generalizado, ou seja, um inchaço causado por um excesso de líquido preso nos tecidos do corpo.



CAUSAS


Esse excesso pode ser provocado pelo mau funcionamento dos rins, fígado ou coração ou quando o corpo apresenta um desequilíbrio nas forças bioquímicas que são responsáveis pelos líquidos dos vasos sanguíneos.


TRATAMENTOS


“Entre os principais riscos de complicação, é que um edema não tratado pode fazer com que o liquido acumulado se desprenda dos tecidos, e possa causar a morte. Por isso é tão essencial o tratamento, que pode ser feito pelo uso de remédios para remover o excesso de líquido, mas vale lembrar ainda que a síndrome edemigênica pode ser causada ainda por uma doença subjacente”, finaliza o médico especialista.


Por: Boa Forma - História por Larissa Serpa, Publicado em: 22/11/2022 17:00


Cantor estava internado em um hospital na Barra da Tijuca



O cantor Erasmo Carlos morreu aos 81 anos nesta terça-feira (22), no Rio de Janeiro. Ele estava internado desde outubro no Hospital Barra D’or, na Barra da Tijuca. A causa da morte não foi divulgada.


Um dos pioneiros do rock brasileiro, Erasmo Carlos ficou conhecido também pela sua parceria com Roberto Carlos. Com mais de 50 anos de carreira musical, Erasmo emplacou sucessos como “Além do Horizonte”, “É Preciso Saber Viver” e “O Bom”.


O eterno “Tremendão” nasceu no Rio de Janeiro e sempre foi apaixonada por música. Na região onde morava, aprendeu a tocar violão com Tim Maia. Anos depois, os dois se juntaram a Roberto Carlos e criaram um grupo musical.


Junto com Wanderléa e Roberto, Erasmo foi um dos representantes da Jovem Guarda, que dominou o Brasil nos anos 1960 e 1970. Além de um exímio musicista, Erasmo era apaixonado por Elvis Presley e pelo Vasco da Gama.


Por: História por RedeTV! - Publicado em 22/11/2022 15:00


Últimas notícias

Novidades

entretenimento

esportes

Cidades