Brasil Vox.png
Capturar_edited.png

Jogadores da seleção brasileira se apresentam em Turim, na Itália; veja fotos

Paraiba

Buscar

Vitor Nuto tem 28 anos e é médico do clube. Ele ficará no Catar até o fim do Mundial e promete seguir divulgando as cores do Belo em todos os jogos.


Acervo Pessoal


O dono da bandeira do Botafogo-PB que viralizou na web após a vitória do Brasil sobre a Sérvia é médico do clube. Vitor Nuto tem 28 anos e há dois trabalha no Belo. Ele foi sozinho para acompanhar a Copa do Mundo no Catar e aproveitou para divulgar o clube do coração no Lusail Stadium, local da estreia brasileira.


Mas, fala sério! Ser conhecido como o “cara da bandeira” não incomoda? Para o médico, não. Para ele, a “prioridade” é mostrar o time do coração para o todo o mundo.


“Vocês conheceram a bandeira do Botafogo-PB através de mim no jogo contra a Sérvia. Tive que escolher entre aparecer ou a bandeira. Então eu escolhi o Belo. Era a minha prioridade”, disse o médico.


Vitor esteve presente na partida de estreia da Seleção no Catar (Acervo Pessoal / Vitor Nuto)


O paraibano disse que a ideia de levar o Botafogo-PB para o Catar surgiu de forma quase despretensiosa.


“Eu me inscrevi no site da Fifa para concorrer aos ingressos dos jogos do Brasil. Dei sorte e consegui os ingressos até a final. Então vocês ainda vão ver muito a bandeira do Belo”, brincou Vitor Nuto.


E não pense que foi difícil ser reconhecido. Vitor Nuto aproveitou para dar uma alfinetada nos rivais ao dizer que a bandeira não causou tanta surpresa assim entre os brasileiros que estão acompanhando a Copa do Mundo no Catar.


“Todos conheciam o Botafogo-PB e falavam que era o maior time da Paraíba”.


“Desde que consegui os ingressos, não tinha outra opção senão vir para o Catar e passar um mês por aqui fazendo o que sempre fiz, desde pequeno: divulgar o Botafogo-PB o máximo que puder e em todas as oportunidades”, completou.


A bandeira do Botafogo-PB tomou conta da internet durante a transmissão do jogo do Brasil (Acervo Pessoal / Vitor Nuto)


Vitor Nuto disse que não esperava tanta repercussão com o fato de ter levado a bandeira do Botafogo-PB para o estádio. E disse que, se depender dele, a exposição vai continuar nos próximos jogos. Para a partida contra a Suíça, na segunda-feira, ele garante que vai ficar no raio de ação das câmeras da transmissão.


“Vou levar a bandeira e ficar no mesmo lugar”.



Por: Jornal da Paraíba - Publicado em 25 de novembro de 2022 15:26

Coren-PB constatou déficit no número de enfermeiros e técnicos de enfermagem no serviço do hospital.


Para receber o atendimento do Centro, é necessário passar antes passar pelo Núcleo de Apoio, localizado no Hospital de Trauma de Campina Grande. — Foto: Reprodução/TV Paraíba


O Ministério Público do Trabalho (MPT) deu um prazo de 10 dias para que a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES) elabore um cronograma para a realização de um concurso público para o Hospital de Trauma de João Pessoa. A determinação foi feita durante uma audiência realizada na quarta-feira (23), após provocação do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-PB).


A inspeção realizada pelo Departamento de Fiscalização do Coren-PB constatou um déficit no número de enfermeiros e técnicos de enfermagem no serviço do hospital.


Em documento apresentado ao MPT pelo Conselho Regional de Enfermagem, foi apontado o déficit de 72 enfermeiros e 119 técnicos de enfermagem. Esse déficit, segundo o Coren-PB, é suprido por horas extras dos profissionais já contratados, resultando na sobrecarrega dos enfermeiros e técnicos de enfermagem.


Com isso, o MPT determinou que a Secretária de Saúde do Estado da Paraíba apresentasse em até 10 dias um cronograma para realização de concurso público no hospital para suprir a necessidade de profissionais de enfermagem.


Na audiência, a SES ressaltou que os plantões extras de fato ocorrem, porém o limite é de 5 plantões, mas que com base em estudo realizado pela própria secretaria o número pode chegar a 10 plantões, e que é possível um estabelecimento de 4 plantões extras para enfermeiros e técnicos de enfermagem do hospital.


O prazo máximo para realização do concurso público é de 12 meses, conforme acordado durante a audiência pública.


O JORNAL DA PARAÍBA entrou em contato com a SES, que respondeu que se comprometeu a apresentar um cronograma para a realização de seleção de pessoal a ser realizada até novembro de 2023. Assim, ainda não há definição sobre data da realização, número de vagas ou modalidade da contratação.


Por: Jornal da Paraíba - Publicado em 25 de novembro de 2022 17:28


Notícia-crime foi ajuizada por Bolsonaro, que alegou suposto crime de abuso de autoridade do presidente do TSE


Alexandre de Moraes, ministro do STF (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


O Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar nesta sexta-feira (25) se abre uma investigação sobre o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes. O relator do processo, ministro Dias Toffoli, foi o primeiro a votar e foi contra a abertura do inquérito.


De acordo com o portal de notícias R7, O julgamento tem como base a notícia-crime feita pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) por suposta prática de abuso de autoridade.


“Considerando-se que os fatos narrados na inicial evidentemente não constituem crime e que não há justa causa para o prosseguimento do feito, nego seguimento à inicial, nos termos do art. 21, § 1º, do RISTF, rejeitando, desde logo, o mérito da petição”, avalia.


Na ação, o chefe do Executivo alega ter sido incluído no inquérito das fake news sem nenhuma prova de participação na difusão de informações falsas. “Há em tal enquadramento típico, um evidente excesso e, sobretudo, uma clara falta de justa causa fundamentada”, argumenta a defesa de Bolsonaro, na notícia-crime.


O julgamento do STF ocorre de forma virtual. Os demais ministros ainda não declararam o voto. O julgamento tem data prevista para terminar em 2 de dezembro, e Moraes não pode votar, por ser objeto da ação.


Por: Bruna Lima, do R7 - Publicado em 25/11/2022 17:40

Últimas notícias

Novidades

entretenimento

esportes

Cidades